31 outubro, 2005
Saí do casulo na última semana pra ouvir de perto o som dos adoráveis Strokes e reverenciar o genial Elvis Costello. Pruma velha roqueira (como eu) é um prazer inenarrável constatar que o rock'n'roll continua em boas mãos.


The Strokes são talentosos, vigorosos e focados. Fazem um rock limpo, objetivo, redondo.


Elvis Costello é uma parabólica personificada. Todos os ritmos e sonoridades interferem no processo criativo desse cara maluco e suuuper charmoso. Em tempo: já achava Elvis Costello um charming man antes dele se casar com a maravilhosa Diana Krall - detalhe que sem dúvida o tornou ainda mais interessante.


 
Por Sônia Guimarães às 09:45    


2 Comments:


At 31 outubro, 2005, Blogger Das Montanhas

Sônia, nada como sair do casulo e entrar na bolha musical que foi o Tim Fest. Nestas horas estar no mato é de matar. Fiquei louco para ir a vários shows, inclusive do sr. McLauglin. Mas o "reggae" aqui está difícil de dar uma saidinha cultural em Sampa. Paciência.
bjs
Afonso

 

At 10 novembro, 2005, Blogger Kelly®

Claro que é rock, né?!

Bjos!