04 junho, 2006

Minha colega e amiguinha Tuca Paoli foi pra Londres com a mais recente versão d'Os Mutantes. Tava na casa do Sérgio Dias quando ele fechou a mala, embarcou no mesmo vôo... Enfim, durante alguns dias Tuca foi praticamente um d'Os Mutantes.

Semana passada o Metrópolis mostrou a primeira parte da aventura da Tuca. Que ela, por sinal, captou super bem. E a segunda parte (a do show!) vai ao ar amanhã, na estréia do Metrópolis em novos horários (à 1 da tarde, e às 19h45).


No mais, muito trabalho e pouquíssimo tempo pra curtir a vida. Dei uma desenferrujada no show Tim Maia Racional (gostei) e tb fui ver qual é a da nova turnê de Marisa Monte. Ela é linda e canta divinamente. A concepção do show causa um certo estranhamento. Não há refletores pendurados acima da banda, iuminando os músicos - como de costume. Cenografia e iluminação remetem a um set de filmagem, com caixas de luz que se movimentam sobre trilhos, e gruas que sustentam pequenos conjuntos de lâmpadas... Interessante, mas estranho. Há momentos em que as caixas de luz mais parecem um exército de geladeiras (devia ter levado a máquina fotográfica!).



Mas o que anda me motivando meeeeesmo são pequenos prazeres como o DVD Sessions For Robert J., do Eric Clapton. Dois deuses em um. Não consigo tirar do player. E como uma coisa geralmente leva a outra já botei pra rodar o CD do Clapton com o B.B.King, e revi o Acústico MTV do Baby Face com Eric Clapton em várias músicas. A cena é quase sempre a mesma: um único branco no meio de um monte de músicos negros.

 
Por Sônia Guimarães às 18:54    


5 Comments:


At 05 junho, 2006, Anonymous Anônimo

Não gostei do show da Marisa Monte, achei chato. Mas curti bastante essa reportagem dos Mutantes. Vou voltar pra ver a segunda parte. Antonio Carlos

 

At 07 junho, 2006, Blogger Das Montanhas

Achei demais o material de bastidores dos Mutantes quando vi na tv uol. Serginho lindo e elegantérrimo com sempre, me fazendo inexoravelmente voltar no tempo. Agora me diz uma coisa Sônia: o que vc achou desta transformação do Metrópolis desmembrando-o, colocando como bloco de jornalismo? Qual sua opinão sobre a mudança? Vc achou uma boa ou um assassinato para paradoxalmente dar sobrevida ao programa? Bjs, viu.

 

At 09 junho, 2006, Blogger Sônia G.

Afonsoooo, tudo bem? Olha, no final o Metrópolis continuou na programação (em duas edições diárias). Mas quase acabou..............